O Brilho da Lua Azul: Vanitas no Carte Recomendação e Análise

06/07/2021

Uma nova temporada de animes começou, varias continuações, animes novos que chamam a atenção, e alguns muito aguardados, como é o caso deste anime anunciado em março deste ano, de que falaremos hoje, com vocês, Vanitas no Carte, ou, Lés Mémories de Vanitas

Vanitas no Carte é um anime produzido pelo estúdio Bones (Boku no Hero, Soul Eater, FMA Brotherhood) baseado no manga de Jun Mochizuki, autora também de Pandora Hearts, publicado na Gangan Joker. Ele conta a história de um mundo futurista steampunk onde vampiros existem e convivem com humanos. Neste mundo acompanhamos Noé, um vampiro do interior da França, é enviado a Paris sob a missão de encontrar o Livro de Vanitas, um grimório amaldiçoado criado pelo Vampiro da Lua Azul para amaldiçoar outros vampiros alterando seus "Verdadeiros Nomes". Enquanto vinha para Paris, Noé cruza seu caminho com um "médico de vampiros", que se auto-intitula Vanitas, e carrega consigo, maldito livro. Apartir disso, Noé se mete numa trama ao qual nunca esperava participar.../h4>

Uma história que transita de uma grande seriedade nas situações com um toque de contemplação e beleza, até uma comédia bobinha só pra abrir um mini sorriso, Vanitas no Carte leva sua história desta forma, sem pender muito para nenhum dos lados, com estes dois protagonistas carismáticos que lideram o rumo da trama, Noé com sua curiosidade sobre a bela "Cidade das Flores" como é chamada Paris e seu senso de justiça e seriedade, e Vanitas com sua esperteza, senso de humor, confiança, ,e por certas vezes, manipulação, lembrando Yato de Noragami, a química dos dois é simples mas eficiente e nos guiam por esta aventura de mistérios e sobrenatural numa bela Paris vitoriana steampunk. Com uma animação e trilha sonora incrível do estúdio Bones e o diretor do anime, Tomoyuki Itamura

Para combar uma mini análise dos 3 primeiros episódios, caso esteja interessado assista para evitar spoilers, Vanitas no Carte está disponível na FUNimation, se parou por aqui, até a próxima.

A primeira coisa que posso destacar nestes 3 primeiros episódios é a animação, que é fantástica, acima da média para não dizer mais, e bem fluida e consistente e uma trilha sonora igualmente bela. Sobre a trama e o mundo, temos uma boa introdução geral no primeiro episodio, e explicações crescentes ao avançar dos 3, o desenrolar das situações é bom e algumas vezes inesperado. Nestes 3 episódios houve uma boa quantidade de momentos cômicos, nada que extrapolasse, devo dizer que Vanitas rouba muito a cena, sempre sendo destaque quando está presente, quase tornando Noé um coadjuvante, isso pode mudar no decorrer dos próximos episódios, mas ele é por enquanto o melhor do duo disparado, devo também dizer que no início senti muito uma pegada de shonen-ai, porém isso foi rapidamente desfeito no episódio 3, por parte dos dois protas, mas ainda sim ainda é um claro bishonen pelos dois protas. Se eu tiver que destacar algo de mais incrível, é o fim do episódio 1, mesmo sendo um potencial spoiler para toda a trama, aquilo pode te pegar desprevenido, um caminhão que te atropela e você não anota a placa. Vamos esperar que tudo se mantenha e melhore até o fim

No canal do Geek Brasil você também pode acompanhar as análises dos capítulos de mangás todas as semanas com suas teorias também:

author

Escrito por: Vandro

Vanitas melhor prota do ano!!!

Siga o Geek Brasil nas Redes Sociais

Desenvolvido por Silas Reis

Desenvolvido por Silas Reis